último romance


Mia andava apressada. Com ambas as mãos ocupadas por sacolas, ela desviava das pessoas e corria pelas ruas movimentadas de São Paulo, se despedindo da Oscar Freire e da bela mansão dos Jardins. Mia agora era uma aventureira, uma recém- formada prestes a desbravar o mundo com uma mochilas nas costas e sonhos por todos os lados, mas antes disso, ela teria de ter seu último romance.
♥♥♥
Danilo andava pelo térreo, verificando cada coisa pela segunda vez, querendo que tudo estivesse perfeito. As velas já estavam acesas e nos lugares certos, a mesa já estava posta com toalha branca e os guardanapos dobrados em forma de barco. Os talheres, ele nem sabia se estavam nos lugares corretos, mas sabia que ela iria gostar independente da disposição das coisas.
Olhou para a parede e gostou da forma como os piscas-piscas iluminavam a cama improvisada. Havia trazido o colchão de seu quarto no início da tarde e ali colocado as melhores roupas de cama que conseguiu encontrar, até passou um pouco de essência de lavanda. Sabia o quanto ela amava aquele cheiro, além de margaridas, que havia disposto em cima do lençol branco dando um ar singelo que se contrapunha com o caminho de pétalas que ia da mesa até a cama. Danilo ainda não acreditava no trabalho que teve para conseguir deixar o térreo do prédio antigo onde morava, livre para ele ter seu último romance.
♥♥♥
Mia parou em frente a vitrine de uma loja e se olhou no espelho, gostando de como sua saia de margaridas destoava do casaco caro que usava. Sorrio diante do próprio reflexo e ajeitou os cabelos castanhos lisos, seus olhos sorriam junto com os lábios, ela amava quando algo a fazia se sentir dessa forma, como se pudesse voar.
Ainda sorrindo, ela se afastou da vitrine e foi até seu carro, colocando as sacolas no banco de trás e em seguida se ajeitando atrás do volante. Talvez ela sentisse falta do pequeno carro vermelho, talvez sentisse falta de outra coisa também, mas nada faria com que fincasse os pés no chão. Já havia passado vinte e dois anos da sua vida desta forma, sendo o que queria que fossem.
♥♥♥
Danilo mudou as disposição das Velas. As colocou de maneira que formassem um coração, no espaço ao lado da mesa, onde eles sentariam um de frente para o outro. Era algo romântico. Todo o espaço passava isso e ele estava feliz por ter feito algo dessa forma.

Agora só faltava a trilha sonora: Los Hermanos. Ela amava aquela banda e ele amaria tudo que ela amasse. 

Continua...
**Pessoal, este é apenas um rascunho de um conto ♥ O que acharam?

Share this:

JOIN CONVERSATION

2 comentários:

  1. Achei muito interessante e fiquei curiosa pela continuação. ♥
    Estou ansiosa.
    Art of life and books.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou ♥
      Logo escrevo a continuação ^^

      Excluir